Premonição e afins

(SPOILER – conteúdo sobre a história)

Todos já assistimos a algum filme de terror. E devem ter percebido ou ouvido falar em “o negão morre primeiro”. Fato! Ou pelo menos era. Parece que atualmente os diretores desses filmes estão mudando esse clichê. Não muito bem até agora, devo dizer.

Eu assisti Premonição 4 ontem e percebi outro tipo de perseguição com o personagem. O persona negro não foi o primeiro a morrer, mas foi o menos cerimonioso, o único que queria morrer e que foi atentado de morte pelo primeiro carinha que morreu, que era racista.

Em uma cena, o personagem principal e a namorada procuram por ele em sua casa e o encontram no quarto pendurado pelo pescoço em uma corda. Ele tosse mostrando que esta vivo e a corda arrebenta. Ele explica, que como ele já tinha se conformado que iria morrer, não queria adiar o inevitável, que queria encontrar sua mulher e filho que ELE havia matado num acidente de carro por estar bêbado. Porém, reclama que passou o dia todo tentando se matar sem sucesso. Tentou overdose e vomitou, tentou atirar na cabeça e não tinha balas, tentou se asfixiar com o escapamento do carro e o carro não ligou. Enfim, sem sucesso.

Todas as vezes que alguém morre nesse filme, existe um contexto, toda uma história e sucessão de fatos acontecendo para matar determinado alguém. Em outra cena, em que Joe, o persona negro, e o principal saem do hospital depois de outro carinha morrer, eles atravessam a rua e simplesmente, Joe é atropelado. De repente, sem drama, somente uma conversa interrompida. Não há preparação, como se quisessem ter feito isso desde o começo.

Não o bastante, essa última cena era uma premonição do persona principal e acaba no exato momento em que eles atravessam a rua e de repente, Joe morre atropelado. MAS, a câmera mostra o outro principal durante todo o tempo. Somente o som da ambulância freando (sim, ironia) e o sangue voando te dizem que ele de fato morreu.

Isso não foi um post promovendo o filme (é uma bosta, evite se for humano) nem mesmo para dizer que isso é errado. O filme não é meu, o diretor mata quem ele quiser e como quiser. Não que ele se importe, não é um filme de arte nem nada. Mas bem que podiam bolar uma história no meio do roteiro deles.

Dias. Pedro

P.S.: Para um filme que se chama Final Destination, o quarto já ultrapassou o limite em 3.

P.P.S.: Por sinal, o primeiro Premonição é bom. Continuações tendem a ser…

P.P.S.2: São uma hora da manhã.

P.P.S.3: …ruins.

Anúncios

Cuspa pensamentos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Política em Blog

Por Leonardo Távora | Para entender e discutir a política!

World Fabi Books

Mundo alucinado de Fabi

%d blogueiros gostam disto: