Evolução – Fotossíntese simbiótica

Um dia, na sua remota infância, seu professor de biologia lhe disse que animais se alimentam de outros animais e/ou vegetais. E que plantas se sustentam com fotossíntese. Bom, se naquela época você tivesse levantado seu mirrado braço e perguntado “Mas não existe nenhum animal que faça isso também?”, talvez sua resposta fosse “Claro que não, estúpido.”.

Mas nada tema, pois se este é o seu caso, a natureza entra em xeque no seu professor sofista. A revolução chegou e plantas e animais deixaram de ser grupos mutuamente exclusivos. E fotossíntese agora é um bem de animais. Um grupo de lesmas-marinha.

E. chlorotica
E. chlorotica

A Elysia esmeralda, ou E. chlorotica, é a principal espécie representante desse grupo de lesmas. E basicamente elas funcionam assim: elas comem algas, absorvem os cloroplastos dela e a partir daí vivem de luz e CO2.

Aprofundando. A E. chlorotica faz parte do sub-grupo das Sacoglassomas (não é uma classificação oficial, ainda), que é o grupo das lesmas fotossíntetizantes. Nos estágios iniciais da vida, essas lesmas ainda precisam comer para sobreviver e são avermelhadas, mas a grande sacada delas está no trato digestivo. Quando as algas estão sendo digeridas, os cloroplastos delas são “sugados” para fora  e absorvidas inteiras pelo organismo das Elysias, sendo alocadas em locais próprios a recebe-los. Esse mecanismo se chama Kleptoplastia, que etimologicamente é “roubo de plastos”, e torna as lesmas verdes.

A Kleptoplastia, até onde se sabe, é exclusiva das Sacoglossas, que são basicamente as espécies Elysia. É um mecanismo simbiótico  que evoluiu para adaptar as lesmas ao seu ambiente específico. Que, aliás, é pela costa leste da américa do norte, do sul dos Estados Unidos até o norte canadense.

E. chlorotica – Elysias têm cor e forma de plantas

Mas você pode pensar, se para fazer fotossíntese basta roubar plastos de plantas, porque essa habilidade simbiótica não é mais comum? Na verdade, a kleptoplastia é apenas 10% do negócio. É necessário possuir um sistema biológico pronto, que sejam capaz de produzir o ciclo de Kelvin e daí por diante. É necessário possuir os genes certos também. Que por sinal, acredita-se que foram roubados das algas no processo evolutivo, mas de modo mais Lamarckiano do que Darwiano.

A teoria de Darwin sobre a evolução das espécies sempre se mostrou mais forte. Quer dizer, até essas lesmas serem descobertas (não achei data específica, mas o registro mais antigo data de 20 anos atrás), Darwin estava absoluta e indubtavelmente certo. Mas o fato das Elysias possuírem um gene de origem vegetal é difícil de explicar. Absorver DNA é diferente de absorver proteínas. E durante estudos, Mary Rupho, pesquisadora bióloga-marinha, confirmou que os genes haviam sido obtidos de forma horizontal (absorvidos) ao invés de verticalmente (hereditariamente). E é por isso que você continua tendo que comer suas verduras todos os dias. Azar.

Agora, fora os fatos apresentados (superficialmente, então olhe as infos), ficam as perguntas: Que tipo de fatores levaram um animal a ter de viver de luz e CO2? Seria escassez de algas? Uma prevenção da natureza tentando evitar essa escassez? E também, até que ponto essas lesmas poderiam contribuir a limpar a atmosfera, juntamente às outras plantas? Quais as chances de outros animais passarem pelo memso processo de evolução?

Perguntas e mais perguntas, é disso que vivemos. Temos de nos contentar em ter o mínimo de respostas verdadeiras. Enquanto isso, Darwin fica confuso. Mas orgulhoso.

Mais, muito mais info:

Wikis:

Aqui: E. chlorotica (inglês);

Aqui: Elysia (inglês);

Aqui: Sacoglossa (inglês);

Aqui: Kleptoplastia (inglês);

Blog:

Aqui: IPMALAC – Instituto de Malacologia (português);

Aqui: 100nexos (português);

Científicos:

Aqui: PNAS (inglês, trabalho);

Aqui: St. Barbara’s Independent (inglês, matéria);

Dias. Pedro.

P.S.: Etimologia é o estudo da origem da palavra.

Anúncios
Comments
4 Responses to “Evolução – Fotossíntese simbiótica”
  1. Victor disse:

    Evolução porque ai de ser tão bela!

  2. Leonardo Távora disse:

    Puxa… Gostei de conhecer sobre isso. Será que nós algum dia desenvolveremos alguma mutação do tipo? Engraçado como a resposta para um questionamento gera tantos outros, né!

    Taí… Gostei disso!

  3. Nara disse:

    Que fácil!
    A Elysia Esmeralda rouba os cloropastos, nao os produz!
    Assim até eu! rs.

    Gostei Pedro!^^

Trackbacks
Check out what others are saying...


Cuspa pensamentos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Política em Blog

Por Leonardo Távora | Para entender e discutir a política!

World Fabi Books

Mundo alucinado de Fabi

%d blogueiros gostam disto: